segunda-feira, 23 de junho de 2008


ELA

23/6/8


ela canta

ela dança

ela usa

ela abusa

ela me pisa de bota

ela me ama, nem morta...

ela derruba minha porta

ela colore meus sonhos

e embala meus lábios

com suas canções de amor e loucura

Carol, Filomedusa.


MASA

4 comentários:

aluisiomartins disse...

Essa musa, por isso sempre desejada, nos mata de muito em nosso pouco alimento.
Graças ao poeta MASA que nos sacia um grão a mais. Encho o saco e o papo.

Beijo

@ninhA Dundes disse...

Ninho-Passarinho! Que bom que voltou!

Claudinha Bártholo disse...

É diva, é musa é tudo...
Carol faz parte do meu infinito particular...

BEIJOS MASA!

sérgio de carvalho disse...

carolzinha sempre arrasando

a musa de muitos...

valeu Carol !!! sabe quye sou seu fã,
parabéns pelo trabalho, cada vez melhor