quinta-feira, 6 de agosto de 2009

As Cobras

Cobrem o meu corpo
através de um sopro
de devaneios de jogo
deveras perigoso
de caráter lastimoso
e pele escamosa

entre as presas
sua rosa

na sibila úmida
uma intenção vaporosa

Cobrem todo o chão
soçobram perversão
tomadas aquarelas

quão belas!
quão belas!

Petro

05/08

2 comentários:

luiz disse...

VC É MUITO LINDA ME ADD NO ORKUT

Petro disse...

Sou homem, porra!

Ah, e não tenho ORKUT!